[TOCAIA] – O sentido de Sense8

41

Nesse episódio conversamos sobre a nova e polêmica série da Netflix e analisamos como esse tipo de obra impacta na sociedade e na Igreja.

Participantes:
Bruno Guedão (Facebook | Twitter)

Convidados:
Josisley Souza (Facebook)
Abner Melanias (Facebook)
Ivandro Menezes (Facebook)

Edição:
Bruno Guedão

Links do episódio:
Diário de Bordo
Achando Graça
Os Cabracast

Músicas do episódio:
Playlist no Spotify

Entre em contato:
www.twitter.com/atocapodcast
www.facebook.com/atocapodcast
[email protected]

Assine o podcast:
RSS Feed
Itunes

Compartilhe.
  • Lourival Gonçalves

    Vi o trailer e fiquei curioso.Baixando..

    • Esquece o trailer…é outra coisa a série…assita quando for exibida pela TV do RR Soares, editada para Cristão de terno verde.

  • Lourival Gonçalves

    Não assisti nem um Ep. da série e não posso tecer comentário sobre ela,mas fiquei animado com a “discussão”.O @abnermelanias:disqus e o @SigaOCapitao:disqus levarão o bate papo a um nível bem legal,colocando um ar de seriedade no pod. Partindo das opiniões de ambos,embora fique muito superficial,tenho a concordo com ambos em alguns pontos.Reitero,parabéns pelo podcast bem balanceado e pitoresco. Por isso que eu curto a Podosfera Cristã.

    • Poxa @lourivalgonalves:disqus vc sempre é um querido e sempre generoso nos elogios. Obrigado vc por nos emprestar seus ouvidos.

      • @lourivalgonalves:disqus acho que apanhei muito, mas o @brunoguedao:disqus foi generoso na edição…abraço!

        • Lourival Gonçalves

          kkkk

  • Lourival Gonçalves

    Gostaria de deixar essa dica de texto http://www4.cinemaemcena.com.br/diariodebordo/?p=4905 .

    • Lourival Gonçalves

      @abnermelanias:disqus,esse texto do Pablo Villaça me lembrou você.kkk.Muito bom.

  • Lourival Gonçalves

    “E a falha de muitos em reconhecer a humanidade destes indivíduos é a maior justificativa para que uma travesti se represente crucificada “__Pablo Vilaça.

    Em certo momento foi comentado sobre a postura do cristão no “mundo”.Penso em nosso papel ,mediante a um mandamento,é de pregar a palavra.Na maioria das vezes queremos que haja o efeito desejado e nos frustamos quando não acontece como queríamos.Cabe a nós a responsabilidade de pregar,pois o trabalho mais árduo é com o Espírito Santo.Lógico,isso não tira a responsabilidade diante da sociedade,mas penso que devemos estar munidos de entendimento para saber lidar com situações adversas e que exigiram muito de nós.

    Talvez seria muito falar sobre Coercitividade como foi citado na questão de como a postura de nossa sociedade queira impor conceitos que difere da nossa como o @abnermelanias:disqus citou e não é fácil lidar com isso.A frase citada pelo Pablo é reflexo (texto na íntegra http://www4.cinemaemcena.com.br/diariodebordo/?p=4905) de como a “Igreja” tem sido vista.Sério,talvez muitos de nós piramos o cabeção ao lidar com isso e quando esboçamos nós opiniões somos chamados de homofóbicos.Sei que todos da Podosfera Cristã não concordam,assim como eu,com o que exigido por partes dos “homossexuais”(Não generalizando),mas o que peço a Deus é como saber lidar com esses entraves.É isso que pergunto aos meus alunos,classe Juvenil,será que estamos preparados para lidar com essas pessoas?Digo,será que sabemos lidar com elas ao ponto de podermos realmente ajudá-las?

    Mesmo sendo uma série,vi como ela poder exigir muitos dos participantes e sou grato por levantarem essa discussão.kkk.Esse foi meu quinto comentário.kkkk.Parei.Tchau!

    • Cara… amo a crítica que o Pablo faz. Gosto da sua sanidade, rs, mas não havia lido ainda esta crítica específica. Acabo de ler e não saberia como endossar mais. 😉

      • Lourival Gonçalves

        Essa cara saber fazer ótimas análises.

      • Lourival Gonçalves

        @abnermelanias:disqus;como a sua comunidade lhe dá com esses temas?Fiquei curioso aqui.Pergunto porque existem muitos formadores de opiniões,mas que “produzem” cristão as a versas.

    • Opá @lourivalgonalves:disqus!

      Nós como cristão e abertos a discussões sadias, pegamos conceitos como os colcoados pelo Pablo (não li o texto na integra) eo absorvemos, meditamos e buscamos algo bom. Assim como pastores legalistas que escravisão pessoas em suas paroquias, sinto que alguns seguidores de Pablo (nã o @abnermelanias:disqus) fazem o mesmo, e retiram da mensagem dele apenas o prejudicial ao meio cristão. A frase é um reflexo de um momento, o que as pessoas vão tirar dela, é impossivel prever.

      Abraço amigo!

      @SigaOCapitao:disqus
      bit.ly/diariodebordo50

      • Lourival Gonçalves

        Acontece.

    • Bruno Guedão

      Lourival… não estou acostumado a ler comentários seus desse tamanho não, rapaz!

      • Lourival Gonçalves

        E Quando vão sair da Toca hen?kk

  • Lourival Gonçalves

    Será que vai ter versão estendida dese Podcast?kkk

    • #merece

    • Bruno Guedão

      É proibida. O @SigaOCapitao:disqus soltou cada pérola…

  • Fala Galera! Honestamente, se tinha dúvida em assistir a série, concluí que não vai acrescentar nada para mim. Me pareceu, salvo engano, que nós, cristãos, entramos numa vibe de querer tratar tudo com normalidade e naturalidade. Temos sim, que tratar o próximo com honra, respeito e amor, mas isto não implica em acatar práticas com as quais nossa fé não coaduna.

    Quanto a questão levantada a respeito de haver uma manipulação pré estabelecida no sentido de formar uma consciência entendo que provavelmente a grande maioria dos criadores de entretenimento não senta ao redor de uma mesa para implantar conceitos malignos na humanidade. Eles sentam a mesa para traçar estratégias de sucesso e lucro.

    No entanto, não podemos de modo algum esquecer que a nossa regra máxima de fé e conduta nos ensina que o mundo (entenda-se sistema) é dominado pelo mal e tem por objetivo nos afastar de Deus. Se começarmos a enxergar apenas a poesia do belo independente do foco corremos o risco de nos apaixonar por Satanás e sua beleza.

    Sei que soa clichê, mas os clichês só são clichês porque são verdadeiros, funcionam: Quanto tempo dispensamos pelo entretenimento e quanto tempo dispensamos pelo Reino?

    No mais um ótimo episódio e pra variar, Ivandro Menezes despejando conhecimento. Grande abraço.

    Luis Augusto Vulcanis
    http://www.esconderijounderground.com

    • Olá @luisvulcanis:disqus obrigado por comentar nosso papo.
      Mas fiz questão de responder aqui, pois a impressão que vc teve sobre a tal “normalidade” ou “naturalidade” não é um ponto comum entre os integrantes. Sim… vc tem razão que há uma ‘vibe’ de se relativizar tudo hj, mas também houve no passado, no Éden, enfim… não é algo de novo. Por isso, minha intenção em participar desse episódio da TOCA era mais pra falar sobre o quanto me diverti assistindo do que fazer uma defesa cega.
      Outro ponto que vc tocou e que necessita (do meu ponto de vista) de um aprofundamento sobre esse lance do belo, Satanás e beleza. Confundir esses conceitos é colocar Deus numa condição de se revelar apenas em alguns meios, por meio de algumas práticas e para meias dúzias de iniciados. Deus é.

      Mais uma vez, valeu =D

    • Bruno Guedão

      Valeu Vulcanis. Demorei para agradecer, mas cá estou heheh

  • Marcio Moreira

    Posso dar a minha opinião, mesmo não tendo visto a série? Não vejo diferença nenhuma entre violência gratuita, e nudez gratuita, e a primeira é sempre mais aceitável pra nós, porque?

    Talvez concorde com o Abner, porque é a mesma coisa que vivo dizendo: o autor quer dizer alguma coisa, entendo, continuo curtindo, mesmo não concordando, simplesmente por ser bem feito.

    Talvez concorde com o Ivandro: Estamos muito acostumados com o PG13 americano

    Talvez concorde com o Guedão que o que precisamos é entender a nossa posição nesse novo mundo

    Vou dar uma chance pra série

    Mas Talvez aconteça comigo o mesmo que aconteceu com o Josisley: desligue na primeira cena que eu achar gratuita.

    Um abraço pra todos e parabéns pelo cast.

    • É bem por aí, Márcio! Em outro momento, comentei que às vezes somos muito sensíveis ao mundo, como se ele fosse o lugar ideal para estarmos, quando o mesmo não o é! Acabamos querendo que a mídia reflita às nossas convicções e valores — talvez por ele ter concordado com eles por algum tempo (?) —, e não a deteriorização que vemos hoje! Vai saber! Mas vai fundo em Sense8! Se houver o choque inicial, supere-o! Vale a pena! kkkkkkk

    • Bruno Guedão

      Desistiu em qual episódio? Kkkk

  • Fala pessoal! Escutei mesmo sem ter visto a série e não me senti motivado a assistir. Por falta de tempo e por não acreditar que há algo que realmente vai me prender. Mas obrigado pelo debate 🙂

    Abraço
    EddieTheDrummer (PADD)

    • Bruno Guedão

      É isso ai Eddie. Esse discernimento é importante. Grande abraço!

  • Kleuber.SGDS

    E aí pessoal blz? Sou ateu e acompanho o Cast a algum tempo até porque sei que não sou dono da verdade e sempre gosto de aprender sobre posições diferentes da minha. Já ouvi vários episódios que me deixaram com a pulga atrás da orelha mais esse abriu muito minha cabeça pois eu esperava muitas críticas construtivas porém negativas, não foi o que ouvi e confesso que fiquei impressionado com as discussões abordadas vindo da parte desse podcast. Assisti toda a série no dia que foi lançado e aguardo ansioso pela próxima temporada. Sem mais delongas só quero mesmo é parabenizar e que mais casts assim venham para abrir mais mentes.

    • Bruno Guedão

      Po.. que legal Kleuber. É um prazer servir você.

  • #opescador

    Ouvi hj!!! Parabéns galera!!! Parabéns guedao!!! Algumas divervencias de opinioes interessantes o q deixou a discussão bem madura!!! ABS
    @opescador

    • Bruno Guedão

      Valeu, irmão!

  • Eu estava com saudade da voz e das opiniões ‘do contra’ desse gordinho do Abner 🙂

    Melhor parte do cast é quando o Melancias fala:

    “Aquele cara nu! Aquilo é lindo cara!!”

    huehuehuehueheuheuheuheuheuheuehuheuheuehuehueh Renata, Renata….. se cuida kkkk

    • Pq a Renata deveria se cuidar??? Hein @disqus_WjUma53GuU:disqus =P
      E novamente, aquele cara nu, naquela cena, na gramática da série, faz todo sentido, além de ser lindo. HAUHUAHUAHUAH

    • Bruno Guedão

      Esse Abner…

  • Pedro Dos Anjos

    Bem legal a discussão galera, parabéns, discordei de alguns pontos, mas vejo muito equilibrio no q foi tratado. Gostei muito da série, do conceito, da criação dos personagens, como vcs, estou empolgado. Queria fazer algumas pontuações a respeito do que foi dito. Achei mto bem colocada a comparação com “Deus não está morto”. Lembro de ter pensado exatamente a mesma coisa. Realmente a neutralidade é um mito e nenhuma obra de arte vem sem pressupostos, mas ao mesmo tempo vejo que a forma como esses pressupostos recheiam e interferem numa obra pode ser feita de uma maneira melhor ou pior, a forma como foi feita nos capitulos iniciais tbm me atrapalhou. Em relação a beleza e sua apreciação, acho q cabe um conceito schaefferiano de beleza, no qual ela sempre vem atrelada ao que é verdadeiro e ao que é bom, acho q como cristão não podemos abrir mão desses critérios de apreciação, o que me faz poder curtir série e ao mesmo tempo rejeitar ou desaprovar certas cenas ou ideias. No mais continuarei a assistir a série e começarei a acompanhar o podcast, o qual eu desconhecia. Grande abraço!

    • Bruno Guedão

      Show Pedro! Obrigado pelo comentário. Bem-vindo a Toca!

  • João Victor

    Achei esse podcast apenas pelo assunto, porque estava apenas interessado a escutar algum podcast sobre a série e acabei surpreendido pelo papo.
    Senti ainda que teve algumas coisas que vocês não exploraram muito bem, mas no geral fiquei muito feliz pela conversa madura de todos vocês, com cada um com sua posição mais ou menos conservadora sobre o assunto tratado, seja sobre o sexo mostrado na série, que na minha opinião foi totalmente natural e nem um pouco forçado, pois fazia parte do cotidiano dos personagens, ou mesmo sobre a aceitação de gêneros diversos, que deve com toda a certeza ser respeitado no mundo atual e futuro.
    Parabéns pelo trabalho de vocês, achei muito bom de verdade.

    • Bruno Guedão

      Valeu João! Muito obrigado.

  • Anderson Souza

    Conversa super madura. Amo escutar suas opniões a cerca de determinado assunto. Tenho aprendido com vcs.
    Obrigado.

    • Bruno Guedão

      Valeu Anderson!

Comentar com o Facebook (opcional)

comentários